Medicina e benzedura: duas formas de tratar a dor ciática

Saúde
Tipografia

Há dez anos, Cristina Moreira, 59, começou a sentir uma dor intensa e constante que tomava a lombar e descia pela perna esquerda até chegar ao pé. Para suportar, passava os dias tomando anti-inflamatórios e pressionando bolsa de água quente. “Eu ficava mancando. A dor é insuportável. Em dias de umidade era pior. Massagem ajudava um pouco, mas foi só o pilates que me fez melhorar”, conta.

Faça login e continue lendo

Com seu cadastro você tem acesso a todo o conteúdo de qualidade que você só encontra no contexto.


Seu primeiro acesso?
Clique e saiba como realizar o seu primeiro login para ter acesso ilimitado ao contexto.

Primeiro acesso

  • Anúncio